segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Aprendendo sobre os EAU

 

Aprendi tantas coisas com a guia Ingrid na ultima excursao em Abu Dhabi…

Nos fomos no Emirates Palace, um hotel considerado 7 estrelas, para um chá da tarde. O lugar é muito luxuoso e mostra só uma parte da riqueza desse pais que ainda tem em Dubai outros hotéis tão ou mais luxuosos.

Abu Dhabi é a capital dos Emirados Árabes Unidos mas não é a maior cidade… Tem cerca de 800.000 habitantes e é um dos 7 emirados que compõem o pais EAU. É a cidade mais rica. Ninguém se preocupa com dinheiro aqui. Isso não é problema. Ninguém paga conta de água e só a metade da conta de luz. Tudo é por conta do governo. As famílias recebem do governo ajuda pra tudo. Só os que realmente podem comprar suas casas as compram. E ai, meu filho, as casas…não são casas, são palácios!

É tudo impecável As ruas super limpas, nem um papelzinho no chão. As avenidas de Abu Dhabi são cheias de canteiros de flores, petúnia em sua maioria, todos coloridinhos, lindos de morrer, mas graças a irrigação constante. Chove apenas cerca de 120 mm/ano! A água é 70% de dessalinização e os outros 30% de fontes de áreas montanhosas e poços artesianos.

Os EAU produzem atualmente cerca de 3 milhões de barris de petróleo por… DIA!!! As exportacoes começaram em 1962, 4 anos depois que as reservas de petróleo foram descobertas por aqui. Sem falar que 4 dos 7 emirados são ricos em gás natural.

Abu Dhabi era um grande deserto, com apenas algumas pessoas fixas, mas a maioria eram nômades que passavam em direção ao Sultanato de Oman. Mas em 1971 o Xeque Zayed começou a governar o pais e tudo mudou. Ele morreu ha uns anos e é idolatrado até hoje. Sua família, claro, seus filhos, continuam governando Abu Dhabi.

Pra quem mora aqui ha mais de 20 anos a cidade mudou muito, mas corre atrás de Dubai, que é ainda mais desenvolvida e a maior cidade do pais.

Outras coisa muito interessante é que 80% da população dos EAU é de estrangeiros. Pessoas vindas de diversos países como Oman, Índia, Paquistão, Bangladesh, Iêmen, Filipinas, Sri Lanka, sem falar em alguns países africanos.

Aqui a educação que eles chamam de pré escola é gratuita e depois existem as escolas técnicas e universidades. Ate o ensino fundamental a escola é mista, depois mulheres e homens são separados e estudam em escolas diferentes.

Os casamentos arranjados já não são tão comuns. Assim como também não é mais comum o homem ter mais de uma mulher (eles podem se casar até com 4). Fica muito caro manter 4 famílias. Especialmente porque as novas gerações de mulheres já não querem mais dividir o mesmo teto com outras mulheres. Elas querem suas próprias casas e manter 4 casas, mesmo num dos países mais ricos do mundo, não é fácil. Além disso, não é só financeiramente que o homem tem que manter suas 4 casas… também a dedicação a mulher e filhos tem que ser igual.

Cada emirado tem um “ruller”, ou seja, uma pessoa que governa, faz as regras e o pais tem o seu presidente que também é o ruller de Abu Dhabi, a capital.

A criminalidade é praticamente zero. E existe pena de morte pra 3 tipos de crime: assassinato, estupro e trafico de drogas. Isso para os locais. Os estrangeiros vão ser julgados e cumprirão suas longas penas na prisão.

Queria ter gravado tudo que a guia falou pra poder contar pra vocês… É um lugar muito interessante, riquíssimo, sem que a gente possa imaginar…

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Lá vou eu de novo!

Amanhã embarco pro meu segundo contrato na Royal Caribbean, dessa vez no navio Brilliance of the Seas. É um navio um pouquinho menor que o Voyager, com um itinerário maravilhoso!

Terei a oportunidade de conhecer lugares que nunca fui e estou muito animada, pois como boa sagitariana... eu AMO viajar!!

Saio amanhã do Rio pra São Paulo e domingo farei um vôo curtinho, de apenas 14 horas, pra Dubai onde está meu navio. Ficaremos um tempo pelo Oriente Médio, passando pelos Emirados Árabes Unidos, Omã, Índia... Com sorte o calor não estará infernal já que ainda é inverno e quando sair de lá, em abril, estará começando a primavera. Com sorte também, como já comentaram alguns amigos, nenhum xeque vai querer me trocar por uma centena de camelos, até porque no quintal de casa não vai caber muitos e a Meg, minha cã!,  é muito territorialista...(falo do quintal e de mim!!).

Depois desse tempinho nessa região, o navio se deslocara para a Europa, passando pelo Mar Vermelho e Canal de Suez... Não é fantástico pensar que você vai ver de perto aqueles lugares que viu nos livros de Historia e Geografia desde a escola?! Pra mim não tem preço!!
Faríamos paradas no Egito, mas por determinação da companhia elas estão suspensas até Junho. Então pode ser que depois eu ainda consiga realizar o sonho de ver as pirâmides e a Esfinge, coisas que via nos fascículos da Editora Salvat que colecionava ainda muito criança. Nosso itinerário inclui Alexandria.

Estou muito feliz por retornar a Turquia e Grécia onde fui pela primeira vez há 12 anos. Sem falar em Veneza (Sai chorando de lá na ultima vez...) Ah, Itália...sou suspeita de falar rsrs

Quero deixar um abraço bem grande e dizer que, mais uma vez, tentarei dar noticias sempre que possível. Pode ser que demore um pouco a responder os e-mails, mas tem também o orkut, o Facebook por onde poderemos nos comunicar.

Espero encontrar todos muito bem na volta.
Sentirei saudades!!
Beijo grande!

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Asas e Raizes – Paulo Coelho

 

“Bendito aquele que consegue dar aos seus filhos asas e raízes”, diz um provérbio.

Precisamos das raízes: existe um lugar no mundo onde nascemos, aprendemos uma língua, descobrimos como nossos antepassados superavam seus problemas. Em um dado momento, passamos a ser responsáveis por este lugar.

Precisamos das asas. Elas nos mostram os horizontes sem fim da imaginação, nos levam até nossos sonhos, nos conduzem a lugares distantes. São as asas que nos permitem conhecer as raízes de nossos semelhantes, e aprender com eles.

Bendito quem tem asas e raízes; e pobre de quem tem apenas um dos dois.

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Dieta Mediterránea!!

 

Vencedor do Urso de Prata em 2010, filme espanhol excelente! Nao sei quem ganhou o Urso de Ouro, mas esse é muito bom!!!

Recomento!!! :)

Na estrada

 

Quantas centenas de viagens como essa, quantas lembranças, quantos pensamentos… Quantos quilômetros de pensamentos já rodei aqui nessa estrada. As vezes queria que minha mente me desse uma trégua, um descanso, uns minutos de paz.

quantas musicas ouvidas, cartas escritas, livros lidos, quantas horas dormidas…

quantos pessoas deixei pra trás, prum lado e pro outro… e quantas vezes voltei pra revê-las… quantas vezes quis ficar, quantas não quis ir… ate cheguei a me perguntar 'o auto-estrada[1]que estou fazendo aqui?'…

quantos sonhos sonhei, expectativas criei… “Quem planta expectativas, colhe frustrações”, ouvi ontem.

conversas…  silencio… mais silencio que conversa. E pensamentos, muitos pensamentos…

ansiedade pra chegar, tristeza de ir embora… sozinha, acompanhada… acompanhada até de cachorrinha! Riso, Meg… Quantas bagagens carregadas…

…quando penso o quanto te amei, me soa até estranho… esse sentimento não me pertence mais…

quanta falta um pai faz pra uma pessoa…o quão ingênuo, influenciável, manipulado você foi… quantas viagens ainda?…